Boca de Rua entrevista os candidatos: Raul Pont (PT)

Entrevista respondida por e-mail.

raulBoca de Rua: Quais são as tuas propostas para a população de rua? E no que se refere aos equipamentos de acolhimento, como abrigos, albergues e centros pop?
Hoje o Centro Pop 1, não abre todos os dias e, segundo relato dos moradores de rua, não atua com toda a sua capacidade de atendimento. Além disso, a gestão atrasa repetidamente o repasse do aluguel social, forçando os beneficiados a voltarem a morar na rua.
É preciso mudar essa situação, ampliar o número de Centros de População de Rua com oferta de alimentação, espaço para higiene pessoal e higienização de seus pertences, formação para a geração de trabalho e renda, além de oferecer acolhimento de forma efetiva e qualificada. Criaremos também, espaços públicos alternativos e abertos para o acolhimento da população de rua com seus pertences e animais. Iremos fortalecer as equipes de educação social para a abordagem, apoio e orientação à população de rua.

O que será feito com as pessoas que serão/estão sendo impedidas de trabalhar devido à lei das carroças e carrinhos?
A lei das carroças e dos carrinhos foi instituída sem as devidas compensações para as pessoas atingidas. Não há prioridade nem organização da coleta seletiva. Ajudaremos os trabalhadores prejudicados pela Lei a se organizarem em cooperativas para reciclagem. Mas para que isso funcione como medida de geração de emprego e renda é preciso qualificar e ampliar a Coleta Seletiva para que atenda 100% da cidade. Em 2000 Porto Alegre foi considerada a cidade com o Serviço de Coleta Seletiva Melhor Estruturado do País. Podemos e devemos novamente assumir a vanguarda nesse processo.

Haverá espaço na tua gestão para o diálogo com os movimentos sociais, em especial com o MNPR (Movimento Nacional da População de Rua)?
As nossas gestões são marcadas pelo respeito e diálogo com todos movimentos sociais. Além disso, retomaremos com força o Orçamento Participativo e todos os conselhos setoriais existentes. O prefeito e o executivo estarão comprometidos com a participação e com o diálogo. Especificamente, em relação ao Movimento Nacional de População de Rua, nossa atenção será maior. O aumento da população de rua em Porto Alegre nos últimos anos não foi acompanhado por uma política efetiva de acolhimento que respondesse às necessidades e reduzisse o grau de vulnerabilidade que essas pessoas vivem. Queremos dialogar para construir alternativas para melhoria de suas condições de vida.

Anúncios

Um comentário sobre “Boca de Rua entrevista os candidatos: Raul Pont (PT)

  1. Pingback: Palavra de político: as entrevistas completas! | Boca de rua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s